Conecte com a gente

🗞️ Gabriel Lauxen

Gabriel Lauxen: Arthur foi um meteoro azul

Foto: Ana Carolina Aguiar

Na manhã desta sexta-feira, no CT Presidente Luiz Carvalho, o jogador com o maior valor de mercado saído do Rio Grande do Sul, se despediu. Emocionado, Arthur disse que vai para um dia voltar. Mas qual o motivo da emoção, alguns torcedores podem se perguntar.

Arthur veio da base Gremista. Criado no Tricolor, o jogador subiu sem queimar etapas. Apareceu no profissional com mais vistosidade na última rodada do Brasileirão de 2016. Contra o Botafogo, fez partida irretocável e abriu os olhos da imprensa e dos torcedores mais atentos. O ano de 2017 foi ainda melhor.

O meteoro Arthur alçou vôo em 2017. Comandou, ao lado de Maicon, Jailson e Michel o meio-campo mais efetivo do futebol sulamericano. Não esteve no Mundial de Clubes e, para muitos analistas, sua ausência teve peso fundamental no insucesso contra a máquina Real Madrid. O pior Real Madrid da década, que tem 4 Champions em 5 disputadas.

Arthur deixa o Grêmio com os cofres cheios. Ao todo, serão 40 milhões de Euros. A terceira maior venda da história do futebol brasileiro, ficando atrás apenas de Neymar e Lucas, ambos do PSG. O Grêmio receberia o valor parcelado de 39 milhões, teve parcelas adiantadas e o acréscimo de 1 milhão para que o atleta fosse levado agora. Não se podia mais fazer nada. Romildo foi gigante, mais uma vez, em uma negociação.

Tenho as melhores expectativas com o Grêmio. Não é um adeus. Quando eu voltar para o Brasil, quero voltar para o Grêmio. É o clube do meu coração.

Mas Arthur não deixa apenas dinheiro nos cofres do Tricolor. Deixa a certeza de que o clube remontou seu formato de jogo, acrescentou qualidade à base, que agora se espelha ainda mais no estilo de futebol do craque e, de quebra, e concedeu a Maicon a possibilidade de atuar com o maior volante da história recente do Grêmio. Ou alguém duvida que, em médio prazo, Arthur será melhor que Lucas Leiva, Émerson, Anderson e tantos outros grandes volantes produzidos aqui no Gremio?

Meu carinho é muito grande pela torcida. Gostaria de agradecer a eles. Foram 7 anos de muitas batalhas, muitos momentos felizes.

O choro foi de saudade antecipada, foi de gratidão e também foi de objetivo cumprido, mesmo que em apenas um ano de futebol profissional. O jogador deixa a instituição com suas contas em dia e com grande potencial de investimento para a reposição dele próprio. Que use com sabedoria, e isso Romildo tem aos montes.

Essa história de amor e carinho não acaba por aqui. ATÉ LOGO, NAÇÃO! (Twitter)

De tudo, fica a expectativa para vermos um jogador de seleção atuando nada menos que pelo Barcelona. Não havia outro futebol mais aderente ao pequeno Rei Arthur.

 

Qual a sua opinião?

Mais em 🗞️ Gabriel Lauxen