Conecte com a gente

🇲🇨 Inter

Chineses complicam e Rossi deve retornar ao Shenzen

Sem acerto com clube chinês, Rossi terá que se apresentar ao Shenzen no começo de 2019

Foto: Ricardo Duarte, Inter

Antes de ir ao mercado em busca de reforços, o Inter está negociando a permanência de jogadores do atual elenco que estão em final de contrato. Um dos jogadores que desperta o interesse do departamento de futebol para atuar no Beira-Rio em 2019 é o atacante Rossi. Mesmo assim, a tendência não é favorável a um desfecho positivo. Com vínculo de empréstimo encerrando, o atacante deve se reapresentar ao Shenzen FC, em janeiro.

O Inter tentou abrir negociações com o Shenzen FC, da China, detentor dos direitos de Rossi, mas não obteve sucesso. A tentativa colorada era de ampliação do vínculo de empréstimo por mais uma temporada, já que o valor para exercer o direito de compra foge da realidade financeira do clube, na casa dos R$ 15 milhões. Sendo assim, com dificuldade para conversar com os chineses, Rossi retornará para a China, se reapresentando em janeiro para a pré-temporada.

Mesmo assim, a direção ainda alimenta esperanças de contar com Rossi para a disputa da Copa Libertadores da América no ano que vem. O atacante é visto no Beira-Rio como uma peça importante, que teve boas atuações neste ano e capaz de mudar jogos. A pedido da direção de futebol, Rossi tentará convencer o clube chinês a emprestá-lo novamente para o Inter em 2019.

Rossi chegou ao Inter no final do Gauchão 2018. Pelo clube, foram 30 partidas disputadas e apenas um gol marcado, contra o Corinthians, na vitória colorada por 2 a 1 no Beira-Rio, já nos acréscimos.

Qual a sua opinião?

Mais em 🇲🇨 Inter