Conecte com a gente

🇲🇨 Inter

Odair reconhece adversidade contra o Palmeiras: “Foi um jogo extremamente difícil”

Treinador falou sobre a partida em entrevista coletiva

Foto: Ricardo Duarte, Sport Club Internacional

Após o empate em 0 a 0 contra o Palmeiras neste domingo (26), em jogo válido pela 21ª rodada do Brasileirão, o técnico Odair Hellmann concedeu entrevista coletiva no Estádio Beira-Rio. O comandante colorado valorizou o papel do torcedor e agradeceu o apoio.

– Agradeço primeiro a presença maciça do torcedor e o reconhecimento com o aplauso no final do jogo. Isso é um gesto importante, mesmo com o empate dentro de casa – disse.

Dentro das quatro linhas, Odair chamou a atenção para a dificuldade imposta pela equipe paulista a partir do rendimento defensivo. O treinador enxergou o Palmeiras tendo as melhores chances, em uma partida onde o Inter conseguiu se encontrar na segunda etapa. Hellmann também expressou prestígio ao trabalho de Luiz Felipe Scolari.

– O Palmeiras levou mais perigo. Tivemos que jogar com mais bolas esticadas e eles se aproveitaram. Equilibramos um pouco no final do primeiro tempo e melhoramos na segunda etapa. Acho que o empate foi um placar justo, mas deixando claro que queremos vencer sempre dentro de casa. Parabéns também pro Felipão, que vem conseguindo dar um padrão de jogo ao Palmeiras e melhorando a equipe. Foi um jogo extremamente difícil – analisou.

Odair também comentou sobre a opção por Camilo antes de D’Alessandro na segunda etapa. Segundo o treinador, a questão física do camisa 10 e o ritmo de jogo de Camilo pesaram na decisão.

– O D’Alessandro veio se recuperando de lesão durante a semana, assim como outros jogadores. O Camilo tem entrado nos últimos jogos, fez gol e iniciou lá na Bahia. O D’Alessandro estava apto a fazer 15 minutos em campo, foi o que analisamos durante a semana. Foi dentro do estipulado para ele – ressaltou.

Sobre não ter balançado as redes na tarde deste domingo, Odair não demonstrou preocupação. O comandante colorado lembrou que o Inter marcou gols nas últimas cinco partidas. E tratou de alertar sobre o aumento de dificuldade no segundo turno do campeonato, algo que já havia dito anteriormente.

– Teremos mais dificuldade, claro. Mas nas últimas cinco partidas nós marcamos gols. São confrontos difíceis tanto dentro quanto fora de casa. Estamos bem, seguimos bem e jogamos para conseguir os três pontos. Essa dificuldade vai se repetir cada vez daqui em diante no Brasileirão – frisou.

Qual a sua opinião?

Mais em 🇲🇨 Inter