Conecte com a gente

🇲🇨 Inter

Proposta do Atlético-MG deve tirar Rodrigo Caetano do Inter

Promessa de autonomia no futebol do Atlético-MG pode tirar atual executivo do Inter

Foto: Ricardo Duarte, Inter

O Inter pode ter uma perda significativa para o ano que vem. Considerado um dos grandes acertos da temporada de 2018, o diretor executivo Rodrigo Caetano, pode estar de saída do clube. O dirigente conta com uma boa proposta do Atlético-MG para comandar o futebol do clube mineiro.Os valores oferecidos pelo Galo são superiores aos que recebe atualmente em Porto Alegre, mas o que realmente pesa é a promessa de total autonomia no departamento de futebol em Belo Horizonte, o que não está acontecendo no Colorado. A oficialização está próxima e a  tendência é que aconteça após a eleição presidencial do Inter, que acontecerá no dia 8 de dezembro.

A proposta atleticana está na casa dos R$ 350 mil/mensais. Porém, o principal peso da balança está no fato de ter autonomia total no departamento de futebol do clube, podendo montar o grupo para o ano que vem, em uma possível disputa de Libertadores da América e também ter o comando de vestiário, um dos motivos pelo qual o dirigente é elogiado por onde passou. Além disso, o bom relacionado do executivo com o mercado, também é um atrativo para a direção do Atlético-MG.

No Inter, o dirigente estaria esbarrando em algumas questões para implementar ações que considera ideais no departamento de futebol. Em contato com a reportagem da Rádio Inferno, Caetano não quis se manifestar oficialmente sobre o assunto e afirmou que falará sobre o caso em momento oportuno. Enquanto isso, o dirigente segue trabalhando no planejamento para o ano que vem, como nas renovações de Leandro Damião, Rossi, Wellington Silva e, especialmente, de Odair Hellmann.

Rodrigo Caetano tem contrato com o Inter até o final de 2019 e para uma possível saída do clube, será preciso também o pagamento de uma multa rescisória, estipulada em contato. As conversas estão adiantadas e novidades devem acontecer até o fim do Brasileirão ou o término da corrida presidencial do Inter, no próximo dia 8.

Qual a sua opinião?

Mais em 🇲🇨 Inter