Conecte com a gente

🗞️ Giovane Santayana

Giovane Santayana: “Respeitem o Olympique, ele pode surpreender o Atlético de Madrid!”

Apresentador do Tá na Súmula traz panorama do Olympique de Marseille

Rolando marcou o gol que classificou o Olympique de Marseille para a final da Liga Europa
Foto: Olympique de Marseille, Divulgação

Salve, galera! A final da Liga Europa foi definida nesta quinta (3), e tem time francês na parada: depois de um jogo (muito!) sofrido, o Olympique de Marseille perdeu de 2 a 1, na prorrogação, mas classificou diante o RB Salzburg, da Áustria. Assim, os caras enfrentam o Atlético de Madrid na decisão, justamente no estádio do Lyon, o maior rival do Marseille. A partida ocorre no Parc Olympique Lyonnais, na quarta-feira, dia 16 de maio.

Vamos às questões de campo. A equipe do técnico Rudi Garcia, claramente, tem dois grandes destaques: o primeiro deles atende pelo nome de Florian Thauvin, meia de 25 anos. Jogador que se notabiliza pela velocidade na ponta, audacioso e de vitória pessoal. Uma das grandes realidades do futebol francês. O outro já não é tão novo assim, pelo contrário: é um velho conhecido do torcedor do Olympique de Marseille: Dimitri Payet. O meia de 31 anos jogou no Marseille entre 2013 e 2015, mas foi pelo West Ham que brilhou e amadureceu muito, entre os anos de 2015 e 2017, para voltar com tudo ao seu país de origem nesta temporada, e ser peça fundamental na trajetória do Olympique na Liga Europa.

O time que esteve em campo hoje foi Y. Pelé; B. Sarr, A. Rami, L. Gustavo e J. Amavi; M. Sanson, M. López, L. Ocampos, D. Payet e F. Thauvin; K. Mitroglou. Ao longo da temporada, Rudi Garcia vem usando o esquema 4-2-3-1 como base, apostando na mescla de velocidade e cadência de seu meio-campo, e também na eficiência do experiente centroavante grego Mitroglou, 30 anos, com boa passagem recente pelo Benfica, de Portugal, e titular e presença constante na seleção de seu país desde 2009.

A questão é que, pelo momento recente das equipes, o Atlético de Madrid chega mais competitivo para a decisão. Mas não podemos pecar pela memória curta. O Olympique de Marseille é um dos times mais copeiros da França, inclusive sendo o clube do país que mais vezes chegou à finais de competições europeias: com a do próximo dia 16, serão cinco finais. Um clube que foi campeão da Europa em 1992-1993 merece todo o respeito. Vai ser uma baita final, ao contrário do que muitos pensam, de que a partida já esta vencida pela equipe de Griezmann, Diego Costa e companhia. Sabendo explorar a intensidade demonstrada nos últimos jogos, o bom momento de Thauvin e Payet, a resistência defensiva e até mesmo o bom preparo físico, o time francês pode surpreender o mundo no dia 16. Respeitem o Olympique!!

 

Qual a sua opinião?

Mais em 🗞️ Giovane Santayana