Conecte com a gente

🇪🇪 Grêmio

Reta final do Brasileiro. Quem tem a tabela mais difícil?

Foto: Lucas Uebel, Grêmio

Os matemáticos adoram projetar as chances de título na reta final do Campeonato Brasileiro. O Grêmio apesar de estar apenas três pontos atrás dos líderes é colocado por alguns com 8% de chance de levantar o caneco. Será que é verdade? Como o futebol é muito dinâmico nós resolvemos fazer um levantamento da reta final dos cinco primeiros do Brasileirão. Neste sábado, o Grêmio enfrenta o Bahia, às 21h, na Arena.

O primeiro critério que adotamos é a soma de pontos de todos adversários que cada um dos ponteiros enfrentam. Aqui a vida mais dura é a do São Paulo, pois os seus oponentes somam 427 pontos. O Tricolor fica com o terceiro posto neste critério com 404 pontos.

Você já ouviu alguém falar que uma moeda tem dois lados? Pois então esta frase vale muito quando analisamos o número de confrontos diretos que cada um dos cinco primeiros possui. Grêmio, São Paulo e Palmeiras tem quatro confrontos nas 11 rodadas finais. Por um lado pode representar dificuldade, porém, uma vitória segura o adversário direto. O Inter tem o menor número de jogos deste calibre com duas partidas.

E o número de jogos contra os times do Z4? Na reta final do Campeonato Brasileiro quem tem mais adversários deste tipo pela frente são Grêmio e São Paulo, com três duelos. Para o Grêmio dois destes duelos em casa e um fora.

Vamos adicionar nesta salada de probabilidades os jogos em casa e fora. Entre os cinco primeiros o único que tem mais partidas como visitante é o Grêmio, são seis confrontos longe da Arena.

Outra variante é o nível de interesse das equipes na reta final pelos jogos. Hoje, a distância do Fluminense, em décimo lugar,  para a zona de rebaixamento é de apenas cinco pontos. Quem enfrentar os times do meio da tabela que ainda correm risco de rebaixamento certamente terá um embate duro pela frente.

Depois de tudo o que colocamos você se arrisca a dizer que tem a vida mais dura pela frente?

Texto de Marcos Koboldt

Qual a sua opinião?

Mais em 🇪🇪 Grêmio